DARPA e alguns dos seus projetos

Olá a todos!

Recentemente chamei o meu amigo Bruno, para ajudar nas postagens do blog, desde que eu não estava dando conta de manter um ritmo bom, especialmente para o desenvolvimento de tutoriais. ele já postou muito no blog, já falou sobre a Tiva e o Raspberry Pi (finalmente algo mais prático está sendo desenvolvido!).

Nas voltas pela internet, achei alguns projetos bem interessantes desenvolvidos pela DARPA, que é uma agência que faz pesquisas específicas para uso militar.

DARPA é uma agência do departamento de defesa dos Estados Unidos, cuja sigla significa “Defense Advanced Research Projects Agency” (Agência Avançada de Pesquisa de Projetos de Defesa). O que a divisão faz é desenvolver projetos de alta tecnologia que podem (ou não) serem empregados militarmente, tendo como um dos seus maiores focos o desenvolvimento de robôs

Mão biônica com sensoriamento:

Este projeto foi desenvolvido pela DARPA e é chamado de HAPTIX. Tem como finalidade fazer com que os usuários de próteses possam sentir a textura áspera de madeiras, uma bola de borracha, ou até mesmo o peso de um objeto, já que estes são os aspectos do mundo em que amputados querem voltar a apreciar. Ao contrário de tantos programas militares prolongados, DARPA quer que pacientes reais comecem a levar para casa protótipos de hardware HAPTIX aprovados pela FDA em apenas quatro anos.

Robô super veloz:

E um dos projetos da equipe é o Cheetah, que está sendo desenvolvido para carregar equipamentos do campo de batalha. A máquina foi construída para simular todos os movimentos do animal de mesmo nome e, apesar de ainda não ser tão rápida quanto a fera, ela está perto.

O Cheetah pode atingir uma velocidade de 28,3 milhas por hora (cerca de 45,5 km/h). Isso significa que, se essas máquinas invadirem as cidades, não será possível fugir delas. Nem mesmo o medalhista olímpico e recordista mundial Usain Bolt conseguiria escapar, já que o velocista consegue atingir “apenas” 27,78 milhas por hora (cerca de 44,71 km/h).

É importante notar que o recorde de velocidade foi atingido em um ambiente controlado de laboratório, em uma esteira. O robô também precisa ter uma fonte de energia externa conectado ao seu corpo para funcionar, portanto, ainda temos tempo para nos preparar.

Atlas

Esse aí parece um modelo T-800 do Exterminador – mas sem a cabeça. Capaz de andar, se arrastar e até escalar como um humano, ele servirá para testar roupas protetoras contra armas químicas para o exército, simulando a atividade física de um soldado.

Espero que tenham gostado, até a próxima!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s